salve.seus.dados@gmail.com

Saiu na mídia – Governo Bolsonaro quer reverter privatização de estatal elétrica de Goiás

Saiu na mídia – Governo Bolsonaro quer reverter privatização de estatal elétrica de Goiás

Reportagem publicada no site da revista Veja indica que após reunião no Palácio do Planalto o governador de Goiás, Ronaldo Caiado, recebeu do ministro da Secretaria de Governo da Presidência, Luiz Eduardo Ramos, apoio para reestatizar a concessionária de energia que atende os 237 municípios de Goiás.

A CELG Distribuição S.A. foi vendida para a empresa italiana Enel Brasil em 2016. Entretanto, desde então, o estado de Goiás vem sofrendo com a qualidade do serviço prestado: em 2018, por exemplo, segundo a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), a Enel foi considerada a pior companhia de energia elétrica do país, com os cidadãos goianos ficando 26 horas em média sem energia.

Este movimento de reestatização mais uma vez corrobora um dos argumentos de nossa campanha contra a privatização de Dataprev e Serpro: de que passar os serviços para a iniciativa privada não necessariamente traz eficiência para os mesmos. Esta qualidade é adquirida através de boas gestões, independentemente da natureza econômica (pública ou privada) das empresas; e dada a criticidade e característica estatal dos serviços prestados por Dataprev e Serpro, essa meta deve ser atingida com ambas sob o domínio do Estado, uma vez que o controle de ambas por um ente privado pode ser catastrófico.

Para saber mais sobre o processo de reestatização da Enel, clique no link https://veja.abril.com.br/blog/radar/governo-bolsonaro-quer-reverter-privatizacao-de-estatal-eletrica-de-goias/

Para ler mais sobre os problemas de prestação de serviço da empresa, siga para a matéria https://g1.globo.com/go/goias/noticia/2019/03/20/enel-e-considerada-a-pior-companhia-de-energia-eletrica-do-pais-diz-aneel.ghtml

Compartilhe:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *