salve.seus.dados@gmail.com

Saiu na mídia – Começa o desmonte das unidades regionais da Dataprev

Saiu na mídia – Começa o desmonte das unidades regionais da Dataprev

O site Capital Digital, que cobre os bastidores da Tecnologia da Informação no governo federal, noticiou a extinção de 20 unidades regionais da Dataprev e a subsequente redução do quadro da empresa em 14%. Segundo o jornalista Luiz Queiroz, o processo faz parte do desmonte da estatal – premiada, estratégica, e superavitária – para que ela fique mais atrativa para eventuais compradores, e comprova os verdadeiros interesses da diretoria atual, que objetiva única e exclusivamente vender uma empresa que há mais de 40 anos presta bons serviços aos brasileiros.

A matérica critica a justificativa utilizada pela direção para demitir uma parte significativa do quadro de funcionários que contribuiu para a construção da estatal.

Porém, a melhor desculpa dada pela direção da empresa para justificar a adoção desta drástica medida – que significará o fim da presença da empresa nos Estados – foi um suposto ‘desequilíbrio’ financeiro que haveria nas contas da Dataprev. Empresa que vem operando no ‘azul’ há mais de 10 anos, segundo dados dos seus balanços financeiros.

Pela genial versão da diretoria da Dataprev, o enxugamento decorreria do fato de que a empresa – que na média dos últimos três anos obteve um crescimento de 13% nas suas receitas – amargou um aumento nos gastos em torno de 21%.”

O site ainda descortina as reais intenções por trás de tais desligamentos:

O que a direção da Dataprev quer é entregar ao mercado privado de software os contratos que mantém nessas unidades regionais. Até nessa questão não há justificativa plausível para o setor público se retirar do mercado. O fim dessas regionais da Dataprev significará que a empresa está deixando de atuar no segmento público, em mercados onde a demanda por serviços é crescente.”

Para ter acesso à matéria completa, acesse o endereço https://www.capitaldigital.com.br/?p=28360

Compartilhe:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *